Campeonato Brasileiro: GRÊMIO x Vasco

O Grêmio voltou à Arena depois de dois jogos fora de casa (vitória contra o Santos e derrota contra a Chapecoense) e encarou o Vasco, que na última rodada levou 4 do São Paulo. Os mais de 34.000 tricolores pensaram que seria um jogo fácil. Eu também achei, porque o Grêmio deveria voltar a ser intenso como em outros jogos na Arena. 
Mas o que se viu foi diferente: o Vasco é um time nenhuma qualidade, além de retrancado se valeu da “cera” para atrasar o jogo e ganhar tempo. Mais nada.
As únicas chances do Vasco em todo o jogo foram através das faltas cobrados pelo zagueiro Rodrigo.

Ainda sem Rhodolfo, mas com o retorno de Wallace que dá qualidade ao meio de campo, o Grêmio criou boas chances:
Aos 10’ contra ataque rápido com Douglas, Giuliano e Luan que cruzou e Giuliano errou o gol sozinho, fácil de marcar.
Aos 16’ nova chance com Luan que desviou a bola na zaga e foi para escanteio, na cobrança de escanteio chance com Geromel cabecear para fora.
Aos 29’ cruzamento de Galhardo e ninguém apareceu para tocar a bola para as redes.
Aos 39’ contra ataque com Luan e Pedro Rocha que dispara contra o gol, a bola desvia na zaga para escanteio.
Aos 42’ boa jogada entre Galhardo e Douglas, que bateu para a defesa do goleiro do Vasco.
 
O segundo tempo não mudou muito também: o Grêmio controlava o jogo e o Vasco fazia de tudo para não jogar: 
Logo no inicio do segundo tempo uma boa chance com Luan, num lançamento de Douglas. 
Aos 14’ gol contra do Vasco e o Grêmio saiu na frente do placar.
E ai o jogo ganhou em movimentação, o Vasco se lançou ao ataque enquanto o Grêmio vivia de contra ataques.
Novas chances com Douglas de falta e com Giuliano numa roubada de bola.
Aos 35’ num preciso lançamento de Giuliano, Pedro Rocha marcou com categoria e decretou a vitória do tricolor.
Aos 37’ Luan tentou resolver sozinho a partida, mas chutou para fora.
Giuliano foi o dono do jogo, se doou durante toda a partida: puxou os ataques, lançou e marcou.
Pedro Rocha e Wallace também fizeram um bom jogo, que teve as baixas de Marcelo Oliveira e Galhardo por lesão.

Um jogo que se desenhava fácil, foi complicado porque o Grêmio não teve a mesma intensidade de outros jogos.

É o que a torcida espera ver no próximo jogo da Copa do Brasil: a volta do Grêmio jogando com intensidade.
 
Próximo jogo: Copa do Brasil – 14/07 – GRÊMIO x Criciúma – Arena do Grêmio

Sobre Severo

GREMISTA FANÁTICO... com preferências simples e/ou complicadas: comidas, músicas, filmes, viagens, escrever sobre curiosidades do dia-a-dia...
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s