Campeonato Brasileiro: Chapecoense x GRÊMIO

O Grêmio conseguiu o impossível.

O Grêmio saiu de Porto Alegre para enfrentar Santos e Chapecoense fora da Arena.
No jogo contra o Santos, domingo dia 05/07, O Grêmio fez o que estava acostumado: jogando com intensidade e velocidade logo aos 4′ marcou o primeiro gol do jogo com Pedro Rocha. E logo após teve outra chance com Luan. Numa confusão entre o árbitro e o quarto árbitro, Geuvanio do Santos retornou a campo sem autorização e foi expulso.
gremio-51Com um jogador a mais o Grêmio foi ainda mais dominador com Giuliano, Douglas e Pedro Rocha criando outras chances e desperdiçando.
Mesmo com um jogador a menos, o Santos começou atacando no segundo tempo, mas o Grêmio marcou novamente: numa bela troca de passes, Galhardo marcou.
O Grêmio relaxou e o Santos marcos aos 20′ com Ricardo Oliveira.
Logo depois Marcelo Oliveira perdeu a chance de liquidar a partida. Que só aconteceu aos 35′, com gol de Yuri Mamute, depois de um ótimo toque de Edinho.
O Grêmio jogou com a intensidade dos últimos jogos e conseguiu a quinta vitoria consecutiva.
Luan, Giuliano e Wallace foram os melhores na vitória. Ainda não me convenci com Douglas ser o maestro da equipe. Ainda falta qualidade, muita qualidade ao time do Grêmio.

HOJE, quarta-feira, dia 08, seria um jogo para sacramentar a boa fase e, talvez, consolidar a primeira posição do campeonato, mesmo jogando em Chapecó, a Chapecoense não seria páreo para o time do Grêmio. A Chapecoense é um time ruim.
Mas o Grêmio conseguiu ser mais ruim ainda, as poucas chances que teve não conseguiram converter em gol, a intensidade dos outros jogos deu lugar a uma cadencia de jogo desnecessária. Em alguns momentos foi dominado pela equipe de Santa Catarina.
Wallace fez falta no meio de campo.
Pedro Rocha e Luan não conseguiram impor velocidade ao jogo.
Douglas não conseguiu bater nenhum escanteio certo.
Giuliano tentou, mas sozinho não conseguiu fazer nada.
A ausência de Rhodolfo também foi sentida, Erazo não teve a mesma qualidade.
Mas o Grêmio ainda fez mais: tomou um gol da Chapecoense aos 32′ do segundo tempo. E não teve forças para reagir. Roger fez alterações no time após os 30′ do segundo tempo e não conseguiu mudar a partida.
O Grêmio naufragou.

Constatação: um time que pensa em classificação para a Libertadores 2016 não pode perder para times medíocres e sem expressão. Tem que se impor e ganhar, ou pelo menos somar pontos.
O Grêmio, nas duas partidas fora da Arena, conseguiu o impossível: jogar bem e impor seu futebol contra o Santos na Vila Belmiro e perder para o time medíocre e ruim da Chapecoense em Chapecó.

 Próximo jogo: 11/07 (sábado) > GRÊMIO x Vasco – Arena do Grêmio.

Sobre Severo

GREMISTA FANÁTICO... com preferências simples e/ou complicadas: comidas, músicas, filmes, viagens, escrever sobre curiosidades do dia-a-dia...
Esta entrada foi publicada em Campeonato Brasileiro, Grêmio com as etiquetas , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s