1lançamento: Gorillaz – Aries (clipe)

Muito bacana o novo clipe da banda Gorillaz, com participação de Peter Hook & Georgia – Aries: em época de isolamento social, mostra a banda rodando por uma cidade fantasma, sem ninguém pelas ruas. No final do vídeo 2D, com sua máscara de proteção, avisa: “Fique em casa, fique seguro. Ah, e continue lavando as mãos.”

Publicado em 1clipe, 1lançamento, clipe, Rock, Uncategorized, vídeo | Publicar um comentário

retro2019: 8 clips mais legais do ano

2019 ver ou ouvir, teve muita coisa boa acontecendo. Vamos começar falando de clips legais que bombaram no ano.

Vampire Weekend – This Life
Ótima música e clip em preto e branco.

7° Weezer – Take on Me

Grande homenagem ao A-ha, ficou muito bom.

6° Stereophonics – Fly Like an Eagle

Clip do novo album, KIND, e single matador: diversidade e superação.

 

5° Lil Nas X ft. Billy Ray Cyrus – Old Town Road

Estourado no mundo todo, o encontro do rap e country estremeceu o cenário musical do ano.

 

4° Billie Ellish – Bad Guy

Com 17 anos lançou um discaço e colocou “Bad Guy” entre as melhores músicas do ano (só espero que não seja uma nova Lorde e desapareça logo) e o clip é muito legal.

 

3° Post Malone – Circles

O cara colocou o album entre os melhores do ano, “Circles é um petardo e o clip sensacional.

 

2° Tones and I – Dance Monkey

Uma das grandes surpresas do ano e clip alto astral: dance para mim.

 

1° Coldplay – Orphans

A banda retornou este ano com o ótimo album Everyday Life, clip excelente e refrão pegajoso: “Eu quero saber quando posso, voltar e ficar bebada com meus amigos”.

Publicado em clipe, melhores 2019 | Publicar um comentário

1disco: FASTBALL – The Help Machine

Fastball - The Help MachinePara quem conhece, ou conhecia, a banda Fastball apenas pelo hit “The Way” é bom saber que a banda vai além disso. É lógico que eles ficaram marcados pelo álbum All the Pain Money Can Buy, de onde saiu o maior hit da banda e também músicas como “Out of My Head” e “Sweetwater, Texas”.  A banda deu uma parada em 2009 e retornou em 2017 com o ótimo Step Into Light (escute músicas como “Best Friend”, “I Will Never Let You Down”, “We’re on Our Way” e Secret Agent Love”).
Dito isso chegamos ao novo album, The Help Machine, onde a banda explora novos sons e deixa claro que é uma volta definitiva.
Os destaques do album: “Doesn’t It Make You Feel Small” cativa também pelo peso das guitarras: “Quando você anda em círculo e canta sua música / Você pensou que precisava de respostas, mas as conhecia o tempo todo’. “White Collar” é o que você vai ouvir mais próximo do antigo Fastaball. “Holding the Devil’s Hand”, apesar do título, tem um clima soturno e uma levada pop até o talo que agrada já na primeira vez que ouvir. Outro ponto bom do album a divertida e rapidinha “The Girl You Pretended to Be” onde rola um mistério e ele suplica: “Tudo o que estou pedindo de você / Você poderia se transformar em / A garota que você fingiu ser?”. E “Redeemed” com pegada blues é uma das melhores novidades da nova fase da banda.

Mas as duas melhores, no meu entendimento, realmente são: a faixa que dá nome ao álbum “The Help Machine” balada pop poderosa: “Qual é o seu nome? / Ninguém consegue viver para sempre / E estou aguardando a fila para a Máquina de Ajuda”. E a faixa de abertura “Friend or Foe” um pop delicioso de ouvir e com refrão pegajoso: But you and I will never know / Which way the wind is gonna blow (Mas você e eu nunca saberemos / Para que lado o vento vai soprar).
Com tantos lançamentos de bandas antigas, Fastball se reinventa e promete seguir firme e forte nas paradas.

 

Publicado em 1álbum, 1disco, CD, hits, Música, poprock, Rock, vídeo | Publicar um comentário