SAMPA: 467 anos… eu tô aqui

O que dizer de São Paulo, SAMPA, que eu adotei a mais de 10 anos?
Respiramos cultura na terra da garoa assim como o acentuado aumento da violência.  
Tudo o que acontece faz jus ao tamanho da cidade: alagamentos, trânsito, bares, teatros, cinemas, shoppings, parques, museus.

Dia a dia corrido: stress, discussão, alegrias e tristezas.

Faz-se colegas e amigos: muitos vem e vão… outros ficam.

Uma comida boa: sempre tem algum local para indicar, restaurantes se multiplicam… mas é a terra da PIZZA. E tem muitas pizzarias boas. Restaurantes SENSACIONAIS. Quem não passou no MASP, Parque Ibirapuera, Avenida Paulista, Farol Santander, Casa do Porco, Pinacoteca, Viaduto do Chá, Memorial da América Latina (e seus festivais), Mercado Municipal (sanduiche de mortadela ou pastel de bacalhau?), Beco do Batman, CCBB, Liberdade, Blue Note, Vila Madalena (boemia em polvorosa), Teatro Municipal, Galeria do Rock, Sesc Paulista, Livraria Cultura (a minha preferida), Museu do Futebol, Catedral da Sé (a minha preferida), Bar Brahma, Terraço Itália (a vista mais bonita de Sampa), Estação da Luz, transitou a pé na Rua 25 de Março (cuidado com a carteira), comeu um Pastel de Feira (nada de mais, mas é clássico).

A VERDADEIRA SAMPA É UMA ETERNA PAIXÃO!


Publicado em Sampa | Publicar um comentário

2020vocêLEU: principais livros

Ficando em casa e com muito tempo, a safra de livros foi excelente. Teve vários lançamentos, mas também aquele que todos deviam ler e como a leitura enriquece, aqui vai algumas dicas.


A Paciente Silenciosa: Alex Michaelides surpreende neste suspense que você vai devorar de uma vez só. É impossível não gostar. Na Boca do Leão: Anne Holt é a descoberta do ano passado e uma grande escritora, aqui ela coloca um crime na importante cena política da Noruega. As Coisas que Você Só Vê Quando Desacelera: Haemin Sunim vai abrir teu olhos nesta pequena pérola e a vida, mesmo num ano complicado, ganha outro sentido. Acerto de Contas: sou suspeito em falar de John Grisham, pois pra mim, é o melhor escritor da atualidade. Neste suspense, segredos, mentiras e preconceito vão definir o futuro de uma família inteira. Lugar Nenhum: Neil Gaiman e suas loucuras fantásticas, é para viajar mesmo. O Avesso da Pele: eu não curto muito livros nacionais, mas Jeferson Tenório consegue prender o leitor explorando questões raciais e violência atuais. O Caçador: Lars Kepler emplaca mais um suspense com o detetive Joona Linna em um ritmo alucinante. O Dia em que o Presidente Desapareceu: eletrizante e sensacional, a união de Bill Clinton e James Patterson faz deste livro uma leitura obrigatória para quem gosta de suspense. O Homem Inocente: eu colocaria todos os livros do John Grishan na minha seleção. Aqui uma garçonete de 21 anos foi estuprada e brutalmente assassinada e após cinco anos uma frágil evidência apontou a investigação na direção de Ron, um ex-jogador de beisebol que teve a carreira interrompida por uma grave lesão. Um Lugar Bem Longe Daqui: a melhor surpresa de 2020, uma trama fascinante e que colocou Delia Owens no topo das listas dos mais vendidos. Kya Clark, a “Menina do Brejo”, passou muito tempo sozinha e quando começa a experimentar as novidades do mundo real um assassinato acontece e ela é a principal suspeita.

Clássico e atual: A Revolução dos Bichos, de George Orwell, é obrigatório.

Publicado em Livro, Melhores do Ano | Publicar um comentário

2020vocêVIU: principais filmes

Devido à COVID-19 poucos lançamentos chegaram ao cinema. Alguns ainda tiveram a chance em janeiro/fevereiro e no final do ano, ademais o streaming foi o protagonista e muitas vezes encontramos nos torrent. Nas plataformas e vários canais lançaram muita coisa, alguns legais mas dispensáveis como THE OLD GUARD e RESGATE (Netflix), mas também teve muita coisa que merecia uma espiada, abaixo os meus preferidos.

A VOZ SUPREMA DO BLUES é o última cena de Chadwick Boseman (eterno Pantera Negra) mas é Viola Davis que tem a melhor atuação.
AVA é surpreendente, simples e com muita ação tem em Jessica Chastain como protagonista e também John Malkovich, Common, Geena Davis e Colin Farrell.
AVES DE RAPINA roubou o início do ano, não é um esplendor de filme mas tem o carisma de Margot Robbie (Arlequina).
MANK uma pérola da Netflix rodado em preto e branco tendo uma atuação impecável de Gary Oldman.
MM84, o filme da DC teve muita expectativa gerada mas não empolgou, apesar de ser um dos melhores já produzidos, conta com o carisma e beleza de Gal Gadot.
NOMADLAND além do belo drama dirigido pela ótima diretoria Chloe Zhao e tem +1X Frances McDormand numa atuação impecável. Está arrebatando vários prêmios nos principais festivais e é forte concorrente ao Oscar.
O HOMEM INVISÍVEL é um filme que eu não pensava em assistir, me parece sempre do mesmo e que não traz novidades, mas a atuação de Elisabeth Moss mostra que a trama é muito melhor do que parece.
SOUND OF METAL é aquele filme que você vira a cara e demora para assistir e quando assiste se empolga, o drama é absurdamente bom, com excelente atuação de Riz Ahmed.
TENET é Cristopher Nolan e só por isso você já deveria ter assistido, o diretor continua com a mesma pegada e entrega uma baita aventura cheia de efeitos especiais.

Publicado em 2021, Melhores do Ano | Publicar um comentário